O molho holandês e sua origem

O molho holandês e sua origem

Sobre a dica

Carnes geralmente combinam muito bem com o molho holandês

É engraçado falar sobre a origem do molho holandês com qualquer francês. Eles garantem que o “sauce hallandaise” é da França, mas a criação já havia sido citada no livro Cozinha Holandesa de Caren Baten, ainda em 1593. O mérito dos povos da terra da Napoleão foi popularizar o molho em escala mundial. Hoje, é inclusive considerado uma especialidade nova-iorquina.

De acordo com a cozinha clássica, o molho holandês tem como definição básica ser feito com gema de ovo e manteiga. Versátil, costuma ser servido com vegetais — a junção com aspargos cozidos é uma entrada chique e infalível –, compõe o clássico ovo beneditino, e também ressalta o sabor das carnes, em especial as grelhadas.

Conseguir o ponto do molho não é fácil, mas a dica está no primeiro passo: bater as gemas com água até emulsificar. Os molhos com manteiga talham se a panela estiver muito quente, se a manteiga for acrescentada muito rápido ou se o molho pronto não for consumido logo.

Veja a receita do molho holandês.